Thursday, 6 October 2016

A guerra declarada e a gestão do Estado

Vive-se um clima político de hostilidade no Brasil. Hoje, existe a divisão entre a esquerda corrupta e sem freios e a direita privatista e sem escrúpulo. A esquerda, representada por aqueles que vivem das nuances do Estado e que faz dele o quintal da própria casa e a direita, que via de regra sempre assaltou os cofres da República, mas que nos últimos anos se revestiu de "santa" para tomar o poder e assim, com as privatizações como lhe são de praxe encher um pouco mais os cofres que aliás, nunca estiveram vazios.
Nessa "guerra declarada" quem perde é a população em geral, uma vez que a imprensa toma partido e faz a sua própria opinião prevalecer como sendo a verdadeira e absolutamente inquestionável.
Pois bem, dentro desse cenário, se faz necessário mencionar que o Brasil precisa encontrar novamente o caminho da paz política para poder seguir em frente e abrir uma perspectiva mais positiva para a população mais jovem. É impossível pensar a prosperidade do Brasil nesse cenário de caos político que está submerso. A guerra entre direita e esquerda que está desenhada hoje não vai ajudar a população a construir relações políticas mais sólidas.
A preocupação central hoje está localizada nas relações econômicas e não no ser humano de uma forma geral. É sobre esse contexto que a violência de se desenvolve. Quando tudo se relaciona com o poder econômico, as relações sociais são jogadas para debaixo do tapete e o que importa é apenas forma de gestão do Estado.



Blog Archive

ASSESSORIA POLÍTICA

UM BLOG QUE VAI SERVIR DE REFERÊNCIA PARA QUEM QUER SE COLOCAR NO MUNDO DA POLÍTICA.