Thursday, 29 June 2017

Brasil: o país cujo poder está nas mãos dos empresários

Me lembro da primeira medida tomada pelo Governo Provisório: assinou a lei dos faróis, aquela em que o motorista é obrigado a acendê-los durantes as viagens. Esse projeto rodou por anos a Câmara dos Deputados e assim que Temer assumiu, deferiu o projeto. Esse já era um sinal de mudança, uma influência dos lobbies juntos ao governo.
A ação dos empresários nos bastidores de Brasília se intensificou no último ano - uma série de reformas está sendo propostas pelo Governo Provisório, entre elas: Trabalhista e Previdência. São pontos fundamentais que precisam ser alterados tendo em vista a beneficiar os empresários. Não que eles não sejam importantes para o desenvolvimento do país, mas essa relação precisa ter um limite.
O Estado não pode ser "tomado" pelos empresários como tem sido nos últimos anos.
É necessário separar  o Estado da Sociedade. O Estado precisa cuidar daquilo que é público, que diz respeito à maioria da população e não ao setor privado que tem somente o objetivo de acumular renda e ampliar a desigualdade social.
De acordo com os dados do Banco Mundial, o Brasil terá em 2017 mais de 3,6 milhões de "novos pobres"- esse cenário é muito preocupante, tendo em vista o esfacelamento das ações do Estado e a sua apropriação por parte dos empresários.
É preciso deixar claro que empresário não está preocupado com pobreza e o liberalismo nunca foi a saída para a sua diminuição, muito pelo contrário, liberalismo e pobreza andam juntos. Não é alterando a lei trabalhista e a lei da Previdência que se combate a pobreza no Brasil. Se combate a pobreza com a ação do Estado com a organização de políticas públicas.


Wednesday, 28 June 2017

Michel Temer: o cínico

Quando Alexandre Magno encontrou Diógenes, o filósofo, dentro de um barril, perguntou-lhe qual seria o seu maior desejo, Diógenes respondeu: "Desejo apenas que se afastes do meu sol". Para deixar claro, Diógenes é aquele personagem que anda com uma lanterna na mão, procurando um homem honesto.
Nesse contexto, a pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha nessa semana aponta que 76% da população brasileira é favorável ao afastamento do "Presidente" Michel Temer. O recado para Temer não poderia ser mais claro: "Temer se afaste da Presidência"!
Não há esperança de se encontrar um homem honesto tão cedo no cerrado brasiliense, mas nem por isso o povo brasileiro pode deixar de pelo menos procurar a honestidade, esteja ela onde estiver.
Não se pode abrir mão da honestidade em prol da melhora da economia. Política e economia andam juntas - se a política vai mal, a tendência é que a economia também vá mal. Em tempos de globalização e que é necessário confiança para os mercados, como um governo denunciado por corrupção poderá ter sucesso nas suas propostas? Que confiança conseguirá passar para os investidores?
Para que haja sucesso na economia é preciso ter paz na política!! A paz só virá com as eleições diretas!
Michel Temer: se afaste do sol, por favor!

Monday, 26 June 2017

Temer, tenha a decência, RENUNCIE!!

Acordei na manhã desta segunda-feira gelada de inverno ansioso por notícias frescas do mundo da política. Tudo bem que nos últimos tempos o dueto política e polícia fazem parte dos noticiários mais sagazes, tendo em vista as tramas mais sórdidas para usurpar o dinheiro do Estado, mas mesmo assim, me considero um ser otimista com a política, porque os pessimistas com certeza já deixaram de acompanhar as tramóias de Brasilia, dizendo: o Brasil não tem jeito; vai ser sempre assim; o Brasil é um país de ladrões - me recuso a pensar assim, acredito que um dia chegaremos lá, não sei bem aonde, mas com certeza, chegaremos.
Pois bem, dando uma circulada nos portais de notícias da web, me deparo com o artigo do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, pedindo entre outras coisas, a renúncia do Presidente Michel Temer, ufa!! Finalmente encontrei alguma luz no fim do túnel, mas uma luz somente e não um trem desgovernado que vem em direção à população brasileira.
Há tempos, digo que para se ter paz política no Brasil é necessário a renúncia do Presidente e a chamada de eleições diretas. Essa é a única maneira da paz ser reestabelecida, não estou aqui defendendo se fulano vai ganhar as eleições ou não, mas a paz é fundamental para a prosperidade econômica. Sem paz na política, não haverá paz na economia, isso precisa ficar claro.
Temer, tenha a decência, RENUNCIE!

Blog Archive

ASSESSORIA POLÍTICA

UM BLOG QUE VAI SERVIR DE REFERÊNCIA PARA QUEM QUER SE COLOCAR NO MUNDO DA POLÍTICA.